4 reações mais comuns nos pets

Posted on Posted in Banho e Tosa, Cachorros, Cirurgias em cães

Os cães não falam, mas seus movimentos e atitudes comunicam o que sentem, por isso vamos falar sobre 4 reações mais comuns nos pets.

Por isso, decifrar as variações do comportamento do animal é importante, seja para tranquilizar o cão ou até saber a hora de parar uma brincadeira de que ele não está gostando.

Reações universais dos pets

De modo geral, os cachorros reagem segundo um padrão às sensações e estímulos.

Mas algumas raças podem apresentar variações deste “alfabeto” por conta de características físicas específicas.

É o caso dos animais com orelhas muito compridas (beagle e cocker), e com orelhas cortadas (pit bull e dobermann).

Assim como os que têm cauda amputada (yorkshire e rottweiler). “Esses traços mascaram e dificultam a expressão corporal.

A-B-C canino

4 reações mais comuns nos pets

imagem: Rogério Doki

Conheça as 4 reações mais comuns nos pets

reação cão feliz

Cão feliz

Para saber o que seu cãozinho quer dizer, basta observá-lo com atenção. De modo geral, quando estão felizes, os cachorros tendem a “sorrir” com a boca aberta e relaxada. O olhar é calmo e o rabo costuma balançar. As orelhas também ficam relaxadas, exceto nos animais que possuem orelhas em pé permanentemente.

 

  

Cão ansioso

Os cães não costumam esconder quando estão ansiosos, emitindo sinais claros como se lamber ou coçar excessivamente, tremer sem motivo aparente e/ou latir sem propósito claro. “Não podemos esquecer que os cães tremem por ansiedade. No pico, os batimentos cardíacos se elevam aumentando o bombeamento do sangue, que acarreta maior irrigação nos vasos musculares e desencadeia certo enrijecimento muscular, causando tremores”. Outro comportamento que indica ansiedade – e que costuma tirar os donos do sério – é a compulsão por roer ou destruir brinquedos e objetos da casa.

 

reação cão agressivo

Cão agressivo

Olhar fixo, boca fechada, corpo imóvel e, às vezes, em posição de ataque. Este é o modelo base da agressividade, diz o zootecnista Renato Zanetti. Nesses momentos, os animais tendem a rosnar, a manter as orelhas para cima ou bem apontadas para trás (em sinal de alerta) e a cauda erguida e rígida.

 

 

reações de cães

Cão estressado

Quando o cão insiste em ficar escondido em algum lugar ou muda hábitos bruscamente (por exemplo, começa a fazer xixi fora do local) o tutor precisa ficar atento porque esses comportamentos são indicadores de estresse. O animal estressado pode também evitar contato próximo com as pessoas, desviar o olhar e caminhar com o corpo arqueado, a cabeça abaixada e o rabo entre as pernas. Se o bicho chega a rejeitar os petiscos que normalmente adora, o grau de estresse deve estar elevado.

Conclusão:

Vamos ficar ligados nas 4 reações mais comuns nos pets, sinais de alegria é um bom sinal, porém sabemos que as demais reações necessitam de um atendimento veterinário.

Cão estressado e agressivo precisa ser acompanhado para que esses sintomas venham a diminuir com tratamento.

Lembramos que toda a informação contida no site BichoZen têm fins meramente informativos e não deve ser considerada assessoria, diagnóstico ou tratamento médico.

Nunca deixe de consultar o médico veterinário por algo que você tenha lido neste site.

Curta nossa página no Facebook: BichoZenOficial

One thought on “4 reações mais comuns nos pets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *